Calamarata n° 129

A Calamarata ganhou esse nome devido à sua forma, como anéis de lula (em italiano, calamaro), e é particularmente adequada para ser acompanhada de molhos à base de peixe e moluscos. Também pode ser degustada com temperos à base de molho de tomate ou ragu ricos de carne. Disponíveis em embalagens de 500 g.

  • Cozimento: Cozimento 16 min min - Al dente: Al dente 14 min min
Calamarata n° 129
play

O nosso método

Atenção, cuidado, experiência, qualidade em todas as fases: de nosso moinho até a sua mesa.

A seleção do grão

A escolha de excelente matéria-prima é o primeiro passo, e o mais importante, para criar uma massa única.
grano

A moagem

Somos moleiros a quase dois séculos: em 1831 Don Nicola De Cecco produzia no seu moinho a “melhor farinha do município”. Ainda hoje moemos todo o grão no moinho ao lado da fábrica de massas, que está sempre envolvido por um intenso e delicioso perfume.
molitura

A massa

A água fria e a massa em uma temperatura inferior a 15 graus: dois detalhes que permitem obter uma massa que respeita a matéria-prima.
impastamento

A estiragem

Se graças à estiragem a massa toma forma, é o bronze que dá a nossa massa a porosidade única capaz de reter todos os temperos. Esse é um dos procedimentos específicos que escolhemos preservar e defender. Com muito orgulho.
trafilatura

A secagem

Um outro segredo de nossa massa é a secagem lenta e em baixa temperatura. É o nosso modo de preservar intactas as características organolépticas do grão.
essiccazione



Também poderia interessar a você

Bombardoni Rigati n° 128

Os Bombardoni Rigati são um formato típico do sul da Itália, muito difundido na Campânia, mas também na Calábria, na Sicília e na Basilicata. São ótimos tanto nas receitas de massa seca, com temperos à base de molho de tomate ou ragu ricos em carne, quanto na preparação de receitas em forno, recheadas com saborosos compostos à base de carne ou peixe. Disponíveis em embalagens de 500 g.
Descubra mais